terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Relatos do casamento. Por onde começar?


Nossa, faz muito tempo que não atualizo o blog. O maior motivo para eu não ter feito isso é porque eu estava sem palavras, sem saber por onde começar, já que o fim de 2009 foi repleto de emoções.
Decidi hoje começar a contar essas emoções. Todas vocês que já se casaram sabem do que eu estou falando e hoje eu posso falar, pois são sentimentos inesquecíveis e incomparáveis. Quem está aguardando pelo grande dia, tenham certeza, ele realmente é grande, inesquecível, insubstituível.

Vou falar do casamento civil.
Resolvemos marcar para o dia 17 de dezembro, pois a festa não seria na minha cidade, São Paulo, mas no dia 19, em Marília, interior a 460km daqui.
Foi uma beleza. O noivo resolvera de última hora passar uns dias com a família (em Marília) e só voltou a São Paulo com os pais dia 16. Sabe, foi legal sentir saudade dele naqueles dias que antecediam o casamento. Ele ajudou muito indo para lá, resolveu os últimos detalhes e ficou um pouquinho com a família.
Foi tão gostoso revê-lo!
No dia 16 ele veio me ver e depois ficou na casa de uma tia com os pais dele. No dia 17, bem cedinho, chegou aqui em casa, todo arrumadinho, com os pais dele também bem preparados para a ocasião.
Aqui em casa meus pais e eu também nos arrumamos com capricho. Chegou meu irmão, um dos padrinhos, padrinho e seguimos para o cartório onde nos encontramos com a Ana Paula, também madrinha, e minha irmã e seu marido.
Também foram as super amigas Adriana, para fotografar, e a Carol, para filmar; já que a equipe de fotografia e filmagem não viriam aqui em São Paulo fazer esta parte. As meninas capricharam mesmo e o trabalho ficou muito bom. O maridinho logo fará uma edição do vídeo e, quem sabe até coloco no youtube.
Foi emocionante o casamento civil, ouvir as palavras do juiz a respeito da nossa união já foi muito emocionante, tocou o marido, a família e amigas presentes. Foi uma prévia do que estava por vir.
Até alianças o juiz pediu. E cadê as alianças? Guardadas para não sujar. Não teve problema! Minha irmã e meu cunhado logo emprestaram as deles e fotografamos assim mesmo.
De lá viemos para minha casa.
A minha casa era um capítulo a parte. Aqui, aguardando o dia do casamento, já estavam hospedadas 3 tias e 2 primos! Junte-se a isso minha irmã e cunhado, a Ana Paula madrinha e meu irmão, a Aninha, meu sogro e sogra, meus pais, a Adriana, a Carol e, é claro, o Rodrigo e eu virou festa! Muito ainda tenho para falar da participação dos nossos amigos na festa.
Almoçamos uma comidinha deliciosa, batemos papo e fizemos força para sair daqui no horário planejado: 14h.
No nosso carro foram também meu sogro e sogra e os demais da listinha acima ficaram em casa, pois iriam depois das mais variadas maneiras. Foi uma festa!
Era mesmo a contagem regressiva final e eu ainda não poderia imaginar o que me esperava nas próximas horas.


Um comentário:

ALYNE & THIAGO disse...

Oi Ana vc casou na minha cidade, que legal... Eu sou de Marília! Vc vai postar fotos neh rsrsrsr... Parabens pra vcs, imagino quão maravilhoso é este dia, desejo de coração toda felicidade pra vcs... Que Deus abençoe seu novo lar de vcs e suas vidas... Adorei achar uma noivinha na net que casou aqui na minha terrinha...bjos florzinha.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails